Como Ganhar Dinheiro Na Internet Sem Precisar Sair de Casa!

Saiba mais aqui!

O que é PIX e como funciona o pagamento instantâneo do Banco Central

Tempo de leitura: 8 min

Escrito por Reginaldo de Souza
em 5 de outubro de 2020

APRENDA A GANHAR DINHEIRO NA INTERNET

Junte-se a mais de 3.000 pessoas inteligentes como você e receba dicas para ganhar dinheiro na internet!

100% livre de spam.

Com o PIX, você poderá fazer e receber transferências instantâneas, pagar contas e compras do dia a dia a qualquer hora pelo celular. Uma alternativa rápida e gratuita ao boleto, TED, DOC e até ao cartão de débito.

Em testes desde o início de 2020, a plataforma se difere dos pagamentos bancários tradicionais, entre outros motivos, por liquidar transações na hora e ficar no ar 24 horas por dia, sete dias por semana.

O que é PIX e como funciona o pagamento instantâneo do Banco Central

O que é PIX e como funciona o pagamento instantâneo do Banco Central

Pix é o jeito mais rápido de pagar contas e receber ou transferir dinheiro para todos os bancos, em qualquer dia e horário. Tudo isso sem limites e em alguns segundos.

Assim como os ocorre com as transferências atuais, o sistema funcionará como ponte entre o pagador e o recebedor. Os dois lados da transação podem ser tanto pessoas físicas, jurídicas (incluindo entes governamentais) ou uma combinação entre elas.

Na prática, a novidade promete ser um TED disponível a qualquer hora do dia, em uma quantidade maior de serviços, e com valor que cai na hora na conta do recebedor.

Para utilizar o Pix, você só vai precisar ter uma conta em um banco, fintech ou carteira digital participantes, pois a função será acessada dentro do próprio app ou sistema da instituição da qual você já é cliente.

As transações serão gratuitas para pessoa física (com exceção do saque em loja, que ainda não teve as tarifas definidas) e, ao que tudo indica, muito mais baratas para empresas, já que a ideia é reduzir as tarifas praticadas atualmente na rede bancária.

Estas são algumas das promessas do Pix:

  • Digitalizar os pagamentos entre pessoas, empresas e governo
  • Permitir transações em tempo real sem intermediários, mesmo entre contas de diferentes instituições
  • Acabar com o tempo de espera até o pagamento ou transferência “cair” na conta
  • Reduzir ou zerar os custos de transações como TEDs e DOCs, incentivando a rede bancária a fazer o mesmo
  • Facilitar o pagamento de compras, contas, faturas, boletos e impostos
  • Substituir outros meios de pagamento menos práticos como cartão de débito e dinheiro em espécie nas compras do dia a dia
  • Aumentar o potencial de inclusão financeira da população.

Com uma única plataforma usada por todas as instituições, a tendência é que o mercado fique mais competitivo e que as empresas ofereçam serviços financeiros cada vez melhores.

Quando o Pix começa a valer

O lançamento oficial do Pix está agendado para o dia 16 de novembro de 2020 em todo o país.

No entanto, os cadastros serão abertos para os interessados já no dia 5 de outubro de 2020.

O Banco Central também informou que o sistema começa a funcionar de forma restrita em 3 de novembro, somente para alguns usuários e em horários limitados.

Como se cadastrar

O cadastro deverá ser realizado na instituição financeiras na qual você já tem uma conta. Bancos, aplicativos de pagamento, aplicativos de pagamento, corretoras de criptomoedas e demais fintechs irão disponibilizar o cadastro nos seus respectivos aplicativos ou sites. A partir de 5 de outubro, o usuário já pode acessar um menu do PIX e informar CPF, CNPJ, celular e e-mail que devem ser cadastrados nas suas chaves.

Quais bancos oferecem o Pix

Todos os bancos com mais de 500 mil clientes são obrigados a oferecer o Pix como meio de pagamento, e os demais podem se inscrever voluntariamente.

Segundo dados do Banco Central,  até agora, quase mil instituições já solicitaram adesão ao Pix,

Entre os nomes, estão os cinco maiores bancos brasileiros (Banco do Brasil, Caixa, Bradesco, Itaú e Santander), vários bancos digitais (C6, Inter, Original, Nubank, etc.), carteiras digitais (Mercado Pago, PagSeguro, PayPal e PicPay) e também redes como Cielo, Rede, Stone e SumUp.

No caso, 120 instituições financeiras terão participação direta, realizando transações pelo próprio Sistema de Pagamentos Instantâneos (SPI) do governo.

As demais 860 empresas serão participantes indiretas, ou seja, vão precisar de um representante para intermediar e armazenar os dados das transações.

Como o Pix funciona

Na prática, o Pix vai aparecer como uma nova opção de pagamento nos apps e sistemas financeiros.

Depois de fazer o cadastro na sua conta, você terá três opções para enviar e receber dinheiro:

  • Via chaves Pix: você poderá cadastrar chaves de endereçamento usando seu CPF/CNPJ, e-mail, celular ou um código aleatório, que funcionam como “apelidos” para identificar sua conta no sistema
  • Via QR Code: será possível realizar pagamentos e transferências apontando a câmera do celular para um QR Code
  • Via tecnologias de aproximação: a tecnologia NFC (Near Field Communication) de pagamentos por aproximação também estará disponível no Pix.

O cadastramento das chaves Pix não é obrigatório para usar o sistema, mas é altamente recomendável, já que elas trazem mais segurança e praticidade.

A vantagem é poder receber um Pix sem precisar passar seus dados bancários para o pagador — basta informar uma das chaves Pix vinculadas à conta para receber o dinheiro na hora.

O mesmo ocorre com o envio de dinheiro: é só acessar o app ou sistema da sua conta, escolher a opção transferência/pagamento no Pix e informar uma das chaves do contato para enviar o valor desejado.

No caso, empresas podem cadastrar até 20 chaves por conta, enquanto pessoas físicas podem cadastrar até cinco.

Lembrando que a opção de digitar os dados bancários, como fazemos hoje com TEDs e DOCs, também estará disponível no Pix.

Diferenças entre Pix, TED e DOC

Com o passar dos tempos, existe  a possibilidade de o Pix substituir operações como TED e DOC, já que seria muito mais eficiente e barato.

Estas são as diferenças entre os meios de pagamento:

  • Rapidez da liquidação: enquanto o TED cai na conta bancária no mesmo dia e o DOC no próximo dia útil (quando feitos dentro do horário), o Pix leva menos de 10 segundos para ser liquidado
  • Disponibilidade: um dos grandes inconvenientes do TED e DOC é a restrição de dias e horários para realizar as transações (dias úteis, geralmente entre 6h e 17h30), enquanto o Pix funciona 24/7
  • Praticidade: para fazer um TED ou DOC, você precisa digitar nome, CPF e dados bancários do recebedor, enquanto o Pix pode ser feito com uma simples chave (que pode ser o CPF, número do celular ou e-mail do recebedor) ou QR Code
  • Limite de valor: o DOC permite a transferência de valores até R$ 4.999,00 e o TED é usado para valores acima de R$ 5 mil, mas o Pix não tem nenhum limite
  • Notificação: outro diferencial do Pix é que tanto o pagador quanto o recebedor recebem notificações da transação.

Além disso, o Pix também vai competir com meios de pagamento como o cartão de crédito e débito, boleto e dinheiro em espécie.

7 vantagens do Pix para empresas

O Pix está gerando muita expectativa entre as empresas, pois não faltam vantagens no novo sistema.

Veja alguns dos benefícios esperados.

1. Redução de custos

Uma das principais vantagens do Pix para empresas é a redução de custos que o sistema deve proporcionar, pois  tendência é derrubar o custo operacional dos negócios e agilizar o recebimento dos pagamentos.

Além disso, ele destaca que o Pix será especialmente vantajoso para as pequenas empresas.

O Banco Central ainda não divulgou as tarifas do Pix para empresas, mas dá para ter uma ideia da economia a partir do custo das transações para as instituições financeiras: apenas R$ 0,01 para cada dez transações, enquanto cada TED custa R$ 0,07.

2. Dinheiro na conta sem intermediários

Além de ser mais barato, o Pix também elimina os intermediários das transações e agiliza o recebimento nas empresas.

Ou seja: em até 10 segundos, o dinheiro do cliente estará na sua conta, sem precisar passar por adquirentes, bandeiras e bancos emissores, como ocorre com os pagamentos em cartão de crédito e débito.

Dessa forma, você ganha fôlego no caixa, aumenta a liquidez da empresa e se livra de tarifas cobradas na rede bancária.

3. Agilidade nos recebimentos

Outra vantagem marcante do Pix é a agilidade dos recebimentos, que promete acelerar as transações nas empresas.

Se você possui uma loja física, por exemplo, um QR Code para pagamento com Pix pode reduzir consideravelmente as filas no caixa, já que o cliente só precisa apontar o celular para fazer seu pagamento instantâneo.

No caso do e-commerce, a liquidação imediata do pagamento faz toda a diferença para a logística e prazo de entrega do produto.

Se antes era preciso aguardar a compensação de boletos ou esperar pelos dias úteis para fazer transferências, com o Pix tudo se resolverá em menos de 10 segundos, trazendo mais comodidade para o cliente e eficiência operacional para as empresas.

4. Praticidade nos pagamentos

Além de receber rapidamente, sua empresa também poderá utilizar o Pix para fazer pagamentos de forma prática e imediata.

Você pode utilizar o sistema para pagar os salários dos colaboradores, pedidos de fornecedores, impostos e qualquer compra realizada pela organização.

Assim, você deixa de pagar tarifas altas em operações como TEDs e DOCs, garante a liquidação instantânea do pagamento e ainda melhora sua relação com funcionários e parceiros.

5. Aumento da produtividade

De modo geral, o Pix pode ter um impacto positivo na produtividade das empresas, já que economiza tempo em várias funções.

Pense, por exemplo, em como será mais simples e rápido para o financeiro fazer pagamentos sem precisar digitar dados bancários.

Da mesma forma, os caixas conseguem atender mais rapidamente e os vendedores podem agilizar os recebimentos.

 

O que você acha do Pix? Acredita que facilitará sua vida? Deixe sua opinião nos comentários.

Aprenda Maneiras de Ganhar Dinheiro na Internet de Forma Honesta e Comprovada!

Saiba Mais Aqui!
100% livre de spam.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe aqui sua opinião ou comentário:

Seja o primeiro a comentar!

APRENDA A GANHAR DINHEIRO NA INTERNET

Junte-se a mais de 3.000 pessoas inteligentes como você e receba dicas para ganhar dinheiro na internet!

100% livre de spam.
%d blogueiros gostam disto: